terça-feira, 25 de novembro de 2008

Do orgulho

Não é algo que tenha muito, sentido de orgulho. Já tive, mas foi-se esvaziando, um pouco como um balão. Não tenho grande orgulho no meu país, no que tenho conseguido ao longo da vida, nos meus princípios, no meu clube de futebol, nos meus amigos, na minha profissão. Simplesmente, não tenho grande orgulho. Posso até ter razões para ter, mas é um sentimento que não me faz mais sentido.

Ainda estou para perceber se é algo saudável.

3 comentários:

Mikael disse...

Em algumas coisas (e na medida certa9 é muito bom ter-se orgulho.
Agora vou fingir que não li a parte dos amigos lol

Abraço ;)

/me disse...

:) Lá está, mik, posso não ter orgulho nos amigos mesmo tendo razões para isso.

Estou a precisar dessa medida certa.

MC disse...

acho que essa cena do orgulho é sempre fechamento. prefiro não ir por aí. Eu não tenho orgulho das minhas filhas. Amo as minhas filhas.