sexta-feira, 18 de julho de 2008

4 anos e meio

Quatro anos e meio é muito tempo. É seguro dizer que nunca mais serei o mesmo. E contudo, não olho para trás excepto quando me lembram de o fazer. É feitio, defesa, inconsciência ou um pouco de tudo? Adiante, que para a frente é o caminho. Mais uma vez emigro. Desta vez para casa. Ou para o que lá resta dela, o que talvez explique o paradoxo. Quando mudamos vamos deixando partes de nós por onde andamos.

5 comentários:

andré disse...

Foste fazer o doutoramento em munique, não foi?
Eu fiquei com essa impressão...

/me disse...

Na verdade morava na Holanda. :)

Joao disse...

Pensei que era no Hawaii.

Joao disse...

la la la.

Mr Fights disse...

Ando um desnaturado... só soube agora que estás de volta a Portugal.

Weeeeeeeee