segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Ética

Eu ocupo, juntamente com um colega, um gabinete bem localizado e com boas condições. Por motivos logísticos, querem-nos mudar para outro gabinete, pior e com mais pessoas. Em alternativa, nós podemos sugerir que outros colegas e amigos nossos (mais novos na casa) vão para esse gabinete pior e nós ficamos com o deles. Ou seja, em vez de sermos nós a ficarmos lixados, lixamos outros. É eticamente muito reprovável?

6 comentários:

LC disse...

É eticamente reprovável porem-vos perante essa decisão. É naturalmente humano escolher o melhor para ti...

A questão é: escolhendo alguém para ficar com o escritório ranhoso, será que vais ganhar inimigos?...

...Sim! Óbvio!

Logo, escolhe o elo mais fraco. Alguém que mesmo que queira não te pode atingir. :D

Abraço

LC disse...

Ah!
O artepink morreu!

Actualiza-me esse endereço:
http://casadebebidas.blogspot.com/


Abraços!

Momentos disse...

Ninguém merece ter que decidir tal coisa...

Mr Fights disse...

é mais de saber se estás disposto a hostilizar os colegas e até que ponto eles são importantes para isso te afectar...

http://mrfights.blogspot.com

Vítor Mácula disse...

Huuuum... porventura uma conversa com os colegas e amigos "nossos e novos" para decisão conjunta fosse o mais amoroso :)

Mas porventura tal não será possível ou pessoalmente adequado...

Berbicachos...

Abraço

/me disse...

Enfim, juntamente com o meu colega de gabinete já decidimos não fazer muito finca pé. Que sera sera. Não temos vocação para maus da fita.